fbpx
O Guia Da Luz

download

Quem é Deus…Ele pode ser conhecido.
Deus, que criou o universo em toda a sua imensidão e detalhes criativos, pode ser conhecido por nós. Ele nos conta sobre si mesmo, mas também nos revela muito mais. Deus nos convida a ter um relacionamento com ele, onde podemos conhecê-lo pessoalmente. Não somente podemos aprender sobre ele, como podemos conhecê-lo, intimamente.
“Não se glorie o homem sábio em sua sabedoria nem o forte em sua força nem o rico em sua riqueza, mas quem se gloriar, glorie-se nisto: em compreender-me e conhecer-me, pois Eu sou o Senhor e ajo com lealdade, com justiça e com retidão sobre a terra, pois é dessas coisas que me agrado”, declara o Senhor. (Jeremias 9:23, 24)

Quem é Deus…Ele é Acessível.
Deus nos convida a conversarmos com ele e deixá-lo saber de tudo o que nos preocupa. Nós não precisamos primeiro consertar as nossas atitudes. Também não precisamos ser educados, teologicamente corretos ou santos. É da própria natureza de Deus ser amável e receptivo quando vamos até Ele.
“O Senhor está perto de todos os que o invocam, de todos os que o invocam com sinceridade”. (Salmos 145:18)

Quem é Deus…Ele é Criativo.
Tudo o que nós fazemos é formado por materiais existentes ou construído com coisas que já foram criadas. Deus tem a capacidade de falar e trazer coisas à existência, não somente as galáxias e as formas de vida, mas também soluções para os problemas de hoje. Deus é criativo, por nós. É desejo dele que saibamos disso e confiemos em Seu poder.
“Proclamarão o glorioso esplendor de tua majestade, e meditarei nas maravilhas que fazes.” (Salmos 145:5) “…De onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra.” (Salmos 121:1,2)

Quem é Deus…Ele é Honesto.
Assim como uma pessoa que compartilha com você seus pensamentos e sentimentos, Deus claramente nos conta sobre ele mesmo, a única diferença que existe, é que ele é sempre honesto. Tudo o que ele conta sobre ele mesmo, ou sobre nós, é uma informação confiável. Mais verdadeiro do que nossos sentimentos, pensamentos e percepções, Deus é completamente preciso e honesto no que diz. Nós podemos confiar completamente em cada promessa que Ele nos faz, Ele cumpre. Nós podemos conhecê-lo com base em sua palavra.
“A explicação das tuas palavras ilumina e dá discernimento aos inexperientes.”
“A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho.” (Salmos 119:130,105)

Quem é Deus…Ele é Capaz.
Você gostaria de estar 100% correto, sobre todas as coisas? Deus pode. Sua sabedoria não tem limites. Ele entende todos os elementos de uma situação, incluindo a história e os eventos futuros relacionados a ela. Nós não precisamos atualizá-lo, aconselhá-lo ou persuadi-lo a fazer a coisa certa. Ele fará, porque ele é capaz e porque seus motivos são puros. Quando confiamos nele, podemos estar certos de que ele nunca cometerá erros, nunca nos deixará enfraquecidos ou nos enganará. Você pode confiar completamente nele. Ele fará o que é certo, em todas as circunstâncias, em todo o tempo.
“Nenhum dos que esperam em ti ficará decepcionado…” (Salmos 25:3)

Conhecendo Deus Pessoalmente
O que é preciso para se iniciar um relacionamento com Deus? Esperar que um raio caia? Devotar-se a obras de caridades em diferentes religiões? Tornar-se uma pessoa melhor para ser aceita por Deus? NADA disso. Deus deixou muito claro na Bíblia como podemos conhecê-lo. Aqui estão Quatro Princípios que irão explicar como você pode iniciar um relacionamento pessoal com Deus, agora mesmo…

Primeiro Princípio:

Deus ama você e tem um plano maravilhoso para sua vida.
Deus criou você. Não é só isto, Ele te ama tanto que quer que você passe a eternidade com Ele. Jesus disse, “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João3:16).
Jesus veio para que cada um de nós pudéssemos conhecer e entender Deus de um modo pessoal. Jesus, somente, pode trazer significado e propósito para a sua vida.

O que nos impede de conhecermos a Deus? …

Segundo Princípio:

Todos nós somos pecadores e estamos separados de Deus; por isso não podemos conhecer nem experimentar o amor e o plano de Deus para nossa vida.
O fato é, nós precisamos de Jesus. A Bíblia diz, “…pois todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus” (Romanos 3:23). Embora Deus deseje ter um relacionamento conosco, nós naturalmente queremos fazer as coisas do nosso jeito.
Na realidade, nossa atitude pode ser de uma rebelião ativa ou indiferença passiva em relação a Deus, mas é tudo evidência do que a Bíblia chama de pecado. A Bíblia nos diz que “Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho” (Isaias 53:6).

O resultado do pecado nas nossas vidas é a morte–separação espiritual de Deus (Romanos 6:23). Mesmo que tentemos alcançar a Deus por nossos próprios esforços, nós inevitavelmente falhamos.
Este diagrama mostra um grande abismo que existe entre nós e Deus. As setas ilustram que nós podemos tentar alcançar a Deus através dos nossos próprios esforços. Podemos tentar fazendo boas obras, ou ganhar a aceitação de Deus através de uma vida santa ou de filosofias morais, mas nossas boas ações são insuficientes para cobrir os nossos pecados.

Como podemos atravessar este abismo?…

Terceiro Princípio:

Jesus Cristo é a única solução de Deus para o nosso pecado. Por meio dele podemos conhecer e experimentar o amor e o plano de Deus para nossa vida.
Jesus Cristo é a solução de Deus para o problema da imperfeição e maldade humana. Por causa da morte de Jesus na cruz, nossos pecados não têm que nos separar mais de Deus. No seu sofrimento e morte na cruz, Jesus pagou o preço por nossos pecados e, assim, ligou o abismo que existe entre nós e Deus. “Pois também Cristo sofreu pelos pecados uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus” (1Pedro 3:18).

Em vez de tentar alcançar a Deus com nossos esforços, nós simplesmente precisamos confessar nossos pecados e aceitar a Jesus e seu sacrifício como o único caminho a Deus. Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim” (João 14:6). Ele também disse, “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente” (João 11:25-26).

Mas Jesus não só morreu por nossos pecados como também ressuscitou dos mortos (1 Coríntios 15:3-6). Quando ele ressuscitou, ele provou, que sem dúvida, poderia verdadeiramente prometer a vida eterna — que ele é o filho de Deus e o único meio pelo qual podemos conhecer a Deus. Ele disse, “Pois Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16).
No entanto, somente conhecer os propósitos e planos de Deus não é o suficiente. Nós precisamos, por nossa própria escolha, aceitar a Jesus Cristo como pagamento dos nossos pecados e convidá-lo a entrar em nossa vida.

Não é suficiente conhecer estes três princípios…
Quarto Princípio:

Precisamos receber a Jesus Cristo como Salvador e Senhor, por meio de um convite pessoal. Só então poderemos conhecer e experimentar o amor e o plano de Deus para nossa vida.
A Bíblia diz, “Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus”(João 1:12).
Nós aceitamos a Jesus pela fé. A Bíblia diz, “Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2:8, 9).

Aceitar Jesus significa acreditar que Jesus é o Filho de Deus, acreditar que ele é quem disse ser, e então convidá-lo a guiar e direcionar nossas vidas e a nos transformar em novas pessoas. (João 3:1-8).

Jesus disse, “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei” (Apocalipse 3:20).

Como você responderá a este convite de Deus? O que você fará com as declarações que Jesus fez?

Considere os dois círculos.

Vida controlada pelo Eu “Eu” está no trono da vida.
Jesus está fora da vida.
Interesses são controlados pelo “Eu”, quase sempre resultando em frustação.
Vida controlada por Cristo
Jesus está vida e no trono da vida.
“Eu” está se rendendo a Jesus.
Interesses são controlados por Jesus, resultando em harmonia com Deus.
Qual círculo representa melhor a sua vida ?
Qual círculo você gostaria que representasse a sua vida?
Começar um relacionamento com Jesus…
Você pode receber a Cristo agora. Lembre-se que Jesus disse: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei” (Apocalipse 3:20).
Você gostaria de aceitar a este convite? Aqui está como você pode responder.
As palavras que você usa para se comprometer com Deus não são importantes. Ele conhece as intenções do seu coração. Se você não sabe o que orar, estas palavras podem ajudar você:
“Jesus, eu quero conhecer você. Eu quero que você entre na minha vida. Obrigado por ter morrido na cruz pelos meus pecados para que eu pudesse ser totalmente aceito por você. Somente você pode me dar força para mudar e me tornar a pessoa que você quer que eu seja. Obrigada por perdoar os meus pecados e por me dar a vida eterna com Deus. Eu lhe dou a minha vida. Por favor, faça com ela o que você deseja. Amém.”
Se você sinceramente pediu para Jesus entrar em sua vida agora, então ele entrou na sua vida como prometeu. Você iniciou um relacionamento pessoal com Deus.
O que vem a seguir é uma longa jornada de mudança e crescimento enquanto você conhece melhor a Deus, lendo a Bíblia, orando e interagindo com outros Cristãos, durante toda a sua vida.
Se eu convidei Jesus para entrar na minha vida, como posso saber se Ele está lá agora?
Como é bom saber que você convidou Jesus para entrar em sua vida!
Depois de ter tomado a decisão de convidar Jesus para entrar em sua vida, é importante saber: será que Deus ouviu você? A resposta é sim. João 5:14 diz, “Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve”. Isto é, Jesus prometeu que entraria em nossas vidas, se nós pedíssemos.
Em Apocalipse 3:20, Jesus faz este convite: “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei e cearei com ele, e ele comigo”. Então, você abriu a porta do seu coração para Deus? Se sim, o que Ele disse que faria? Deus enganaria você?
Em João 6:37, Jesus disse: “Todo aquele que o Pai me der virá a mim, e quem vier a mim eu jamais rejeitarei”. E em João 10:27-29 Jesus disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna, e elas jamais perecerão; ninguém as poderá arrancar da minha mão. Meu Pai, que as deu para mim, é maior do que todos; ninguém as pode arrancar da mão de meu Pai”.
Jesus foi até as últimas consequências para que pudéssemos ter um relacionamento com Deus; ele morreu na cruz por nossos pecados! Jesus tomou para si os nossos pecados e nos cobriu com sua justiça, tornando-nos completamente perdoados e totalmente aceitos por ele.
Portanto, não precisamos, viver uma vida reta, ou cumprir rituais religiosos e sacrifícios, apenas devemos ir a ele baseado naquilo que ele fez por nós, e não naquilo que nós podemos fazer, porque ele pagou por nossos pecados, para nos oferecer perdão e vir habitar nossas vidas. 1 Pedro 3:18 diz, “Pois também Cristo sofreu pelos pecados uma vez por todas, o justo pelos injustos, para conduzir-nos a Deus.”
Quando uma pessoa convida Jesus para entrar em sua vida, deve ser de coração aberto: “Deus, eu quero ter um relacionamento com Você, eu quero que você entre na minha vida. Faça da minha vida tudo o que você quiser.” Esta é uma decisão sobre deixá-lo ser Deus em nossas vidas. E se você a tomou, é muito interessante saber sobre algumas verdades que Deus diz sobre seu relacionamento com ele:

• Você está em paz com Deus
“Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo”. (Romanos 5:1)

• Você se tornou um filho de Deus
“Contudo, aos que a receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus”. (João 1:12)

• Você não está mais vivendo em trevas
“Porque outrora vocês eram trevas, mas agora são luz no Senhor. Vivam como filhos da luz”. (Efésios 5:8)

• Você está perdoado
“Todos os profetas dão testemunho dele, de que todo aquele que nele crê recebe o perdão dos pecados mediante o seu nome”. (Atos 10:43)
“Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, a qual ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento”. (Efésios 1:7,8)
“Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: enviou o seu Filho Unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou o seu Filho como propiciação por nossos pecados”. (1 João 4:9,10)

• Você recebeu a vida eterna
“E este é o testemunho: Deus nos deu a vida eterna, e essa vida está em seu Filho. Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida. Escrevi-lhes estas coisas, a vocês que crêem no nome do Filho de Deus, para que vocês saibam que têm a vida eterna”. (1 João 5:11-13)

• Você está selado com o Espírito Santo
“Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa”. (Efésios 1:13)
• Você pode começar a conhecer o amor de Deus por você
“Se vocês permanecerem em mim, e as minhas palavras permanecerem em vocês, pedirão o que quiserem, e lhes será concedido. Meu Pai é glorificado pelo fato de vocês darem muito fruto; e assim serão meus discípulos. Como o Pai me amou, assim eu os amei; permaneçam no meu amor. Se vocês obedecerem aos meus mandamentos, permanecerão no meu amor, assim como tenho obedecido aos mandamentos de meu Pai e em seu amor permaneço. Eu lhes disse isto para que a minha alegria esteja em vocês e a alegria de vocês seja completa”. (João 15:7-11)

Para crescer em seu relacionamento com Deus…
Este crescimento é resultado de sua confiança em Jesus. Passe tempo lendo a Sua Palavra (a Bíblia). Peça a Jesus que ele se revele mais a você e que o relacionamento entre vocês se torne mais íntimo. O Evangelho de João (quarto livro do Novo Testamento) é um ótimo livro por onde você pode começar.
Converse com ele livremente. Pois, ele nos encoraja e diz: “Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus”. (Filipenses 4:6,7)
E se você pecar?
Se Deus lhe mostrar alguma coisa que você fez ou disse que não é correta, simplesmente peça perdão a ele. Peça também que ele lhe ajude a mudar esta área da sua vida. Mas não se desanime! Enquanto você viver e respirar nesta terra irá fazer, pensar, ou dizer coisas que reconhecerá como sendo “sua maneira de agir” e não “a maneira de Deus”. Isto é uma verdade para todos nós. A boa notícia é que, “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.” (1 João 1:9) O Espírito dele trabalhará em sua vida para transformá-la à medida que você continuar buscando conhecê-lo melhor.
E agora? Como você pode crescer no seu relacionamento com Deus?
Procure-O dentro de si Ele vive dentro do teu coração.

Artigos Relacionados

Sobre o autor Ver todos os artigos

O Guia Da Luz

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Não perca uma pitada do nosso site!
Subscrever á Newsletter
Seja o primeiro a receber as últimas actualizações e conteúdo exclusivo directamente na sua caixa de entrada de e-mail.
Subscrever
Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link

Bem Vindos

Você não nos encontrou por acaso. A ajuda que você precisa pode estar bem aqui. Entre em contacto e desabafe sobre os seus problemas. Garantimos dar o melhor de nós para ajudar você a resolver todos os seus obstáculos. Sob a luz dos vossos Guias.
CONTACTE-NOS!
close-link
Será destino?
%d bloggers like this: