O Guia Da Luz

PELOS ESPÍRITOS QUE PEDEM PRECES
Deus clemente e misericordioso, permiti que a vossa bondade e misericórdia se estendam sobre todos os Espíritos que se recomendam às nossas preces e particularmente sobre a alma de…….

Bons Espíritos, cuja única preocupação é a prática do bem, intercedei connosco para que eles sejam aliviados! Fazei brilhar, ante seus olhos, a luz divina, para que a esperança os acalente e anime! Esclarecei-os quanto às imperfeições que os afastam do bom caminho e lhes retardam o acesso à morada dos bem -aventurados! Abri-lhes seus corações ao arrependimento, para que eles possam nutrir sinceros desejos de purificar-se e apressar o seu adiantamento! Fazei-lhes compreender que seu progresso depende de seus próprios esforços, para abreviar o tempo de suas provas!

Oxalá Deus, em sua bondade, lhes conceda valor e estas palavras possam suavizar-lhes os sofrimentos, testemunhando-lhes nossa compaixão e desejos de suas felicidades

AOS ANJOS DA GUARDA E ESPÍRITOS PROTECTORES
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Espíritos sábios e benevolentes, mensageiros de Deus, que exerceis a sublime missão de assistir aos encarnados e ensinar-lhes o caminho do progresso que é o bem e a verdade, – sustentai-me nas provações desta vida; auxiliai-me a cumprir os desígnios da justiça de Deus e a purificar os meus sentimentos; desviai de mim os maus pensamentos para que eu não dê acesso aos Espíritos que, por seu atraso, permanecem na maldade e induzem os homens ao mal.

Iluminai a minha consciência, a fim de conhecer as minhas faltas e afastai dos meus olhos o véu do orgulho e da vaidade que me impediria a percebê-las e confessá-las a mim mesmo.

Espíritos que vos interessais por mim, e sobretudo, vós, meu Anjo da Guarda, que mais particularmente por mim velais, fazei com que eu seja digno de vossa benevolência.

Conhecedores, como sois, da minhas necessidades, auxiliai-me, eu vos rogo, para que elas possam ser satisfeitas segundo a vontade de Deus.

PARA PEDIR UM CONSELHO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Em nome de Deus Todo-Poderoso, eu rogo aos Espíritos protectores que me inspirem a melhor resolução a tomar, na incerteza em que me acho.

Permita Deus que eles dirijam meus pensamentos para o bem e me libertem da influência dos que me podiam tentar e desencaminhar

POR ALGUÉM QUE ACABA DE DESENCARNAR
Senhor! Deus Todo-poderoso! Permiti que vossa misericórdia baixe sobre o Espírito de …. que à vossa presença acabais de chamar. Oxalá possam ser-lhe contadas as provações que ele na terra sofreu, bem como as nossas preces suavizarem ou abreviarem as penas que tenha a sofrer, como espírito. Bons Espíritos que viestes recebê-lo, e vós meu Anjo da Guarda, auxiliai-o a despojar-se da matéria; iluminai sua consciência, para que ele conheça o seu estado e saia da perturbação que acompanha a passagem da vida corporal à vida espiritual; inspirai-lhe o arrependimento de suas faltas e o desejo de as reparar para abreviar o seu adiantamento e poder ascender à mansão dos bem-aventurados.

….Acabais de entrar no mundo dos Espíritos e, contudo, podeis estar aqui presente, podeis ver-nos e ouvir-nos, porque a única diferença que entre nós existe é apenas a do corpo efémero que deixastes e que em breve, se reduzirá a pó. Abandonastes o grosseiro envoltório que já está sujeito às vicissitudes e leis de transformação e já conservais só o invólucro etéreo e imortal, inacessível aos sofrimentos terrestres. Não viveis a vida do corpo, mas viveis a do Espírito, que é a verdadeira vida – isenta das misérias que afligem a humanidade

Aos vossos olhos dissipou-se o véu que a nós oculta ainda os esplendores da vida do Além; podeis contemplar melhor as maravilhas da criação, ao passo que nós, com dificuldade, nos arrastamos na Terra, presos ao corpo material. Permita Deus que ante vós se desenrole o horizonte do Infinito, para que, em presença de tanta grandeza, possais compreender a futilidade das vaidades e desejos da terra, das ambições e gozos mundanos, de que os homens fazem constituir alegrias.

A morte, à luz das verdades reveladas, é simplesmente uma separação material de curtos momentos. Desde o exílio, onde nos retém ainda a vontade de Deus, e por ela, os deveres a cumprir, nós vos seguiremos com o pensamento, até que nos seja permitido ajudar-nos mutuamente, assim como vós já vos reunistes aos que vos precederam. Vinde visitar os que vos amam e amastes; sustentai-os nas suas provações, velai pelos que vos são caros, protegei-os conforme vosso poder, adoçai-lhes os pesares, firmai seus passos na prática do bem e transmiti-lhes pelo pensamento a certeza de que mais feliz sois agora e de que, um dia, a eles vos reunireis em um melhor planeta.

No mundo para onde evoluístes, todos os sentimentos terrestres devem extinguir-se. Esforçai-vos, por interesse de vossa felicidade futura, para que o mal vos não seja acessível e, para que Deus vos possa perdoar, perdoai vós, sinceramente, aos que nos ofenderam, assim como eles vos perdoam.

PELOS NOSSOS PARENTES E AFEIÇOADOS
Deus de infinito amor e bondade! Dignai-vos Senhor, ouvir a prece que vos dirijo pelo Espírito de… e permiti que ele possa entrever as vossas divinas luzes, para que assim se lhe torne fácil o caminho para a sua eterna felicidade. Consenti, Senhor, que os vossos bons Espíritos lhe levem as minhas palavras pela transmissão de meu pensamento.

Espírito de …., ouve a minha voz que, como prova de minha afeição, te chama, no desejo de te auxiliar a compreender que, apesar de teres deixado o corpo mortal, vives ainda a vida espiritual que é a verdadeira. Quis Deus que fosses libertado antes de mim. Não me lamento, pois isso seria egoísmo e manifestaria desejar-te ainda as penas e sofrimentos desta vida; antes, resignadamente, aguardo o instante de nossa união no mundo em que ora te achas e que, confio em Deus, será de maior felicidade para ti.

Eu sei que a nossa separação será apenas momentânea, porque, por mais longa que me possa parecer sua duração, se obliterará ante a eternidade das venturas reservadas por Deus aos que se arrependem e emendam. Permita Deus, em sua bondade, que os bons Espíritos me preservem de cometer qualquer ato contra as divinas leis, o que me retardaria o almejado instante da nossa união e, assim, que me poupem a dor de te não encontrar ao sair deste cativeiro terrestre.

Oh! Como é doce e consoladora a certeza de que, apesar do véu material que te oculta à minha vista, podes estar aqui a meu lado, ver-me e ouvir-me como outrora, pois creio que me não esquecerá, como de ti não esquecerei e, assim, nossos pensamentos não deixarão de se confundir e o teu me seguirá e amparará sempre, consoante teu poder e os desígnios de Deus.

A paz do Senhor seja eternamente contigo.

PARA PEDIR AUXÍLIO EM UM PERIGO IMINENTE
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Deus Todo-Poderoso, socorrei-me! anjo da minha guarda, protegei-me!

Se, para meu benefício futuro, eu devo sucumbir, seja feita a vossa vontade, Senhor, e não a minha; se, porém, me for dado salvar-me, permiti que, no resto da minha vida, eu repare todo o mal que tenha feito e do qual sinceramente me arrependo.

POR UM SUICIDA
Meu Deus! Vossa infinita bondade permitiu que os homens pudessem conhecer a horrível sorte reservada aos que violam vossas leis, pondo, voluntariamente, termo aos seus dias, mas também, Senhor, por essa mesma bondade, melhor compreendermos, hoje vosso infinito amor, vossa ilimitada misericórdia, e por isso, eu vos peço, bom Pai, para que a vossa clemência atinja a alma de…..

Possam minhas preces, unidas à vossa comiseração adoçar o amargor dos sofrimentos que ela suporta por não ter tido a coragem de esperar, resignada, o fim de suas provas terrestres!

Bons Espíritos, que tendes a missão de assistir aos infelizes, tomai-a sob vossa protecção, inspirai-lhe pesar e arrependimento de sua falta e, oxalá, vossa assistência lhe dê o necessário ânimo para, com mais fé e maior resignação, suportar as novas provas que as leis da divina justiça lhe destinem para reparação de sua fraqueza.

Desviai de junto dela os maus Espíritos, que poderiam induzí-la ao mal, prolongando-lhe seus sofrimentos e fazendo-lhe perder o fruto de suas futuras provas.

Irmão, cuja infelicidade é objecto desta prece, permita Deus que minha comiseração possa mitigar o amargor da vossa situação actual e germinar em vós a esperança de um melhor futuro que de vossas resoluções depende.

Confiai na bondade de Deus nosso Pai, cujo seio está sempre aberto para derramar os eflúvios do seu amor sobre os arrependidos, até mesmo pelos que são endurecidos no mal, os quais, logo que o confessam amam e adoram.

PELOS ESPÍRITOS OBSESSORES
Senhor ! Pai Amantíssimo ! Nós vos imploramos misericórdia para o espírito que obseda o nosso irmão …. Fazei-lhe, Senhor, antever as vossas divinas luzes para que ele compreenda o falso caminho em que se embrenhou.

Bons Espíritos, ajudai-nos a fazer-lhe compreender que tudo tem a perder, fazendo o mal, e tudo a ganhar, praticando o bem. Espírito que vos ocupais em atormentar …., escutai-nos ! É em nome de Deus Todo-Poderoso que vos falamos. Se reflectirdes, compreendereis que o mal jamais pode vencer o bem, e, consequentemente, não podeis ser mais poderoso do que os bons Espíritos. Estes podem livrar a vítima da vossa influência, e se não fizerem é porque ….. tem de sofrer esta provação, mas quando chegar o seu termo, os bons Espíritos vos tirarão a influência que sobre ele exerceis e o mal que lhe tende feito, longe de o prejudicar, servirá para o seu adiantamento e será, por isso, feliz, tornando-se a vossa maldade em pura perda para vós e sobre vós recairá.

Deus, que é omnipotente, e os bons Espíritos, seus delegados, que mais poderoso são do que vós, poderão por termo a essa obsessão e, perante sua autoridade, a vossa obstinação se anulará. Mas, porque Deus é bom, deixa-vos o mérito de vós próprios reconhecerdes o mal que fazeis e por vossa vontade cessar semelhante perseguição. É uma dilação que vos é concedida; se não a aproveitardes, passareis por deploráveis consequências, pois que grandes castigos e cruéis sofrimentos vos advirão da vossa persistência do mal, e então vos vereis forçado a implorar piedade à vossa vítima, que já vos perdoou e que por vós ora, – o que apressará a sua libertação.

Refleti, portanto, enquanto é tempo, pois a justiça divina cairá sobre vós, como sobre todos os espíritos rebeldes. Lembrai-vos que o mal que fazeis terá forçosamente um termo e, enquanto nele persistirdes, em vós próprios ireis gravando os germes da angústias e sofrimentos futuros que mais se irão acumulando. Quanto na terra, não sacrificaste, de certo, uma satisfação efémera por um benefício duradouro? Pois hoje, como espírito, com mais razão o deveis fazer.

Qual o lucro que tirais do vosso procedimento? O triste prazer de atormentar alguém, sem que a vossa razão anteveja a infelicidade que assim preparais para o futuro. A par de tudo isso, se quiserdes, poderei ver a sorte dos bons Espíritos, em tudo preferível à vossa, e então compreendereis o que perdeis. Todavia, dela podeis participar quando vos aprouver. Basta para isso, elevar o vosso pensamento a Deus, pedir-lhe que permita que os Bons Espíritos vos auxiliem a praticar o bem e a fugir do mal.

Esforçai-vos, pois, em entrar no bom caminho e sereis auxiliado. Fazei com que, em breve possamos recitar convosco a prece dos Espíritos arrependidos. Não mais vos coloqueis entre os maldosos, e Deus permitirá que possais ser contado entre os bons, que o servem e o amam.

ORAÇÃO DE ALEGRIA
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Senhor !

Na calma deste momento, furtando-me ao torvelinho da vida, eu me recolho em ti

Olha Senhor! olha minha audácia: na singeleza da minha oração eu te dou minha alegria. Como é bom ser alegre! Obrigado, Senhor ! Foi teu dom. Como é agradável ter a alma em paz! Ela é tua também. Como é maravilhoso ter a alma branda!.. razão de ser de toda alegria.

Senhor ! nos dias ensolarados e nas noites entreabertas, um sorriso sincero indique a alegria sempre em mim. Saiba eu sorrir a ti, no meu irmão que passa despreocupado, desanimado e oprimido… Sorria eu a ti, no meu próximo que em mim te procura….

Sorria eu a ti, na criancinha inocente que de mim espera algo de ti, ó Papai do Céu… Sorria eu a ti no próximo, e a ti em mim mesmo, para sempre fazer e ser feliz.

Sorria eu, Senhor, para aprender com teu salmista, a servir o Senhor na alegria! Sorria eu, ainda que não saiba sorrir, pois a verdade, Senhor, a grande verdade é que mais triste que um sorriso triste é a tristeza de não saber sorrir.

PARA O MOMENTO DE REPOUSO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Senhor, minha alma vai, por alguns instantes, achar-se com os Espíritos que habitam o Espaço, enquanto meu corpo, por concessão de vossa infinita bondade, vai repousar.

Permiti que os vossos bons Espíritos me ajudem com seus conselhos.

Meu Anjo guardião, iluminai-me para que eu, ao despertar, conserve uma salutar impressão dos conselhos dos bons Espíritos.

PARA PEDIR RESISTÊNCIA A UMA TENTAÇÃO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Deus Todo-Poderoso, não nos deixeis cair em tentação nem sucumbir às nossas provações.

Espíritos benevolentes, protegei-me, desviando-me deste mau pensamento e dai-me valor para resistir à sugestões do mal.

Se eu sucumbir, sei que merecerei espiar a minha falta nesta ou na outra vida, pois que tenho livre arbítrio para discernir e proceder.

ORAÇÃO DA CRIANÇA
Aqui estou, contigo, cooperador de Jesus. Vim de longe buscar-te o coração amigo para enterder-te. Desci de esferas sorridentes e claras como o sol para atravessar os dias turvos do mundo terrestre em busca da perfeição para o meu espírito. Sei que trazes na alma a caridade divina, o coração amigo pronto para acolher-me. Olho a vida, com os meus grandes olhos cheios de esperança e fé.

Espero da Terra um mundo de paz e tranquilidade para que eu possa auferir os ensinos que me são necessários. Não me desprezes pois se, sob a indumentária da carne, mostrar-me ignorante, tímido, receioso ou incerto. Não rejeites o meu carinho fraterno se minha mãozinha suja pela miséria e pelo desconforto pousar sobre os teus ombros suplicando-te auxílio. Guarda-me o coração para que as sombras do mal não me ofusquem o espírito. Não tem canses dando-me alguns momentos de atenção.

Lembra-te que hoje sou pequenino botão de flor exposto ao vendaval da vida, entretanto sob teus cuidados e desvelos poderei ser amanhã o agasalho para teus braços cansados, para tua mente oprimida. Hoje, naturalmente, sou o deserdado, procurando-te o afecto e a ternura, amanhã, todavia, quando teus passos retardados não puderem percorrer as longas estradas da vida, ou teus olhos baços não contemplarem os dias e as noites calmas do Estio ou da primavera, estarei ao teu lado, anunciando-te a beleza da aurora e o radiante frescor do pôr-do-sol.

Meu amigo, sinto que posso confiar em teu coração generoso e por isto, mais uma vez, recordo-te a divina lição do Mestre amado, agasalhando na ternura imensa do Seu coração, as crianças da Galiléia, distante. Assim seja também contigo para que o nosso futuro seja radioso e bem-aventurado. Esta, a prece da fé de confiança que eu e meus amiguinhos enviamos ao teu coração de cristão-espírita.

ORAÇÃO CARIDADE
Estende as tuas mãos amigas e benevolentes e ampara-me ainda. Sou débil botão de flor pedindo socorro e carinho. Nasci sob o signo da dor e vim ao mundo procurando a ressurreição de meu espírito. Entretanto, enfraqueço-me ao sabor das tempestades do mundo.

Exemplos mil dão para o mal. Cerca-me com teus carinhos e ajuda-me a caminhar. Sinto o frio da saudade da mãezinha que não tive; abre-me a porta de teu coração e asila-me em doce regaço.

Serei uma flor entreaberta ao som de teus beijos e procurarei exalar o perfume de minha alma em forma de ternura para o teu coração.

Abriga-me! Estende-me teus braços!

Hoje, só, não poderei vencer; amanhã, contigo serei a promessa do Cristo em teu caminho, cercando-te a velhice de doce contentamento.

Segura minhas mãos e ensina-me a confiar. Sou e serei sempre uma alma irmã da tua.

NAS AFLIÇÕES DA VIDA

Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Meu Deus! Pai Amantíssimo, que conheceis as nossas misérias, dignai-vos, em vossa infinita bondade, ouvir favoravelmente os votos que neste momento vos dirijo!

Se meu pedido for inconsiderado, perdoai-me; se, porém, aos vossos olhos ele for justo e útil, consenti que os mensageiros de vossa divina vontade venham em meu auxílio para que realizados sejam os meus desejos.

Contudo, seja qual for o resultado, meu Deus, cumpra-se a vossa vontade.

Se em vossos sábios desígnios, eu não puder ser atendido, submeter-me-ei sem murmurar. Permiti que não seja abalada a minha fé e resignação e ternos louvores vos sejam tributados.

Senhor, eu vos peço…

PARA PEDIR A CORRECÇÃO DE UMA FALTA
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Senhor ! Vós destes a todas as criaturas a inteligência necessária para distinguir o que é bom e o que é mau, e eu, reconhecendo maldade em qualquer coisa, inculpo-me, se não me esforçar na resistência. Por isso, peço-vos, bom Pai, que me preserveis do orgulho que me impediria de perceber meus defeitos e da influência dos maus espíritos, que me excitariam a perseverar nesse erro.

Senhor ! Eu reconheço, entre minhas imperfeições, a inclinação para… (tal coisa)… e se não resisti ainda a esse afastamento é porque o meu atraso me escravizou a esse hábito. Mas eu, Senhor, desejo progredir, e Vós, justo como sois, não me criastes culpado, antes me destes igual aptidão para o bem como para o mal. Dai-me, pois, meu Deus, a necessária força para que, vencendo o mal consiga mudar de caminho.

Os meus defeitos são restos das imperfeições que eu conservo das anteriores existências corporais do meu Espírito. Eles representam o meu pecado original; deles me poderei libertar pela vontade e com a assistência e conselhos dos bons Espíritos.

Permiti, pois, Senhor, que eles me ajudem. Espíritos bons e caridosos, que me protegeis, sobretudo vós, meu Anjo da Guarda, dai-me energia, excitai minha vontade para que eu possa resistir às más sugestões e consiga sair vitorioso da luta, pois que todos os defeitos são barreiras que nos afastam de nosso Pai celestial, assim como cada um daqueles que conseguimos vencer representa um passo no caminho do progresso que a Ele nos conduz.

E porque o reconheço e desejo emendar-me, ó Senhor, em vossa infinita misericórdia, permiti que eu o consiga, para que, da presente existência, que para meu adiantamento me foi concedida, eu possa sair melhor do que quando nela entrei.

POR UM FAVOR OBTIDO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Deus de infinita bondade! Vosso nome seja bendito, pelo benefício que me tendes concedido nesta e nas anteriores encarnações do meu espírito.

Eu reconheço Senhor, que todo o bem de vós dimana e ingrato seria eu se atribuísse ao acaso ou ao mérito próprio o que ora me concedeste.

Bons Espíritos, executores da vontade de Deus, e vós, sobretudo, meu Anjo da Guarda, aceitai meu reconhecimento.

Desviai de mim os pensamentos de vaidade e orgulho e oxalá, com o vosso auxílio, eu possa empregar-me sempre em atos meritórios.

Senhor meu Deus, eu vos agradeço…

ATO DE SUBMISSÃO E RESIGNAÇÃO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Pai Amantíssimo! Eu sei, Senhor, que todo sofrimento tem uma causa útil e justa. Submisso, pois, aceito a aflição que acabo de suportar e todas as que, de futuro, me possam sobrevir como espiação de minhas faltas passadas e provas para o progresso do meu ser espiritual.

Bons Espíritos, que vos dignais proteger-me para suportá-las sem reclamar, ensinai-me a aproveitá-las como avisos e conselhos salutares que, aumentando minha experiência, me levem a combater em mim o orgulho, a ambição, a inveja, o ciúme, a tola vaidade e o egoísmo e, dessa forma, possa eu tirar proveito para meu adiantamento moral.

PREVENDO A APROXIMAÇÃO DA MORTE
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Meu Deus! Eu creio em Vós! Creio no vosso infinito poder! Creio na perfeição de toda a vossa criação! Creio nas vossas irrefutáveis leis! Creio na vida, entre nós, do Espírito mais perfeito que à terra baixou para exemplificar as vossas leis! Creio em todos os monumentos que esse Cristo entre nós ergueu e criou; que Ele incessantemente derrame sobre nós a sua benéfica protecção! Creio que a minha vinda a este planeta teve por único objectivo o meu aperfeiçoamento espiritual!

Creio na existência da minha alma antes e depois do meu ser em vida corporal! Creio, finalmente, em tudo o que é visível e invisível e que é obra vossa, ó meu Deus! ó meu Omnipotente Senhor!… E porque assim o creio, sei que o meu corpo é um invólucro perecível da minha alma, e que, quando nele cessar a vida, eu despertarei no mundo espiritual, pois que seria negar-vos julgar que, depois de nos haverdes dado inteligência para vos conhecer, coração para sentir e aspirar ao futuro, a extinção da vida material mergulhar-me-ia no nada.

Senhor ! Sinto que se rompem os laços que unem minha alma ao corpo e que bem cedo serei chamado a dar conta dos actos da minha presente existência. Vou sofrer as consequências do bem e do mal que fiz. Todo o meu passado se desenrolará diante de mim e eu serei julgado segundo minhas obras, pois na vida espiritual não há ilusões nem subterfúgios. Nada levarei dos bens da terra, onde ficam honras, riquezas, prazeres, satisfação de vaidades e orgulho.

Nada disso, pois, me servirá de socorro na pátria espiritual, mas sim, só os atributos com que eu tenha ornado minha alma; isto é, as boas e más qualidades, acções e pensamentos que serão pesados na balança da divina Justiça. Serei julgado com tanto mais severidade, quanto a posição que me foi permitida na terra em tenha facultado o bem que não pratiquei. Senhor! Deus de Misericórdia! Oxalá o arrependimento penetre em todo o meu ser e ante Vós chegue com sinceros desejos de reparar meus erros, para que a vossa indulgência se estenda sobre mim.

Se for do vosso agrado prolongar minha existência, consenti que seja o tempo empregado em reparar o mal que fiz, segundo minhas forças. Se, porém, é chegada, sem apelo, a hora da minha passagem para a verdadeira pátria, fazei de que de mim se não afaste o consolador pensamento de que a vossa bondade permite o resgate das faltas, com a submissão a novas provas, para assim conseguir a felicidade dos escolhidos. Sim! Porque Vós, como bom Pai, a nenhum filho deserdais e todos podem, por seu trabalho e esforços, chegar, mais cedo ou mais tarde, a gozar a felicidade perfeita dos justos.

Sei que o meu Anjo Guardião e os bons Espíritos, meus protectores, junto de mim velam; possam eles auxiliar-me a obter o perdão dos irmãos encarnados ou desencarnados, a quem eu possa ter molestado com o meu orgulho, prejudicado com o meu egoísmo, ofendido com a minha severidade e injustiça, assim como eu, de coração, perdoo a quantos me hajam feito ou desejado fazer mal.

Bons Espíritos, dai-me as necessárias forças para eu não fraquejar no momento supremo da carne, reanimando-me na fé, para que Deus me permita sair breve da perturbação que causa a transição da vida corporal para a vida espiritual.

PELO IGNORANTES E OBSTINADOS
Deus de infinita sabedoria e amor, dignai-vos Senhor, esclarecer, com um raio de vossa divina luz, todos os que vos desconhecem! Fazei que eles possam reconhecer que a Vós devem a existência, pois que sois Vós que tudo criais e dirigis; que seus olhos possam ver vossas eternas verdades para que, humildes e submissos, ante vossa majestade e vosso infinito poder se curvem.

Permiti, Senhor, que os conselhos dos bons Espíritos achem acesso em seus corações e que eles, livremente, busquem desviar-se do mau caminho, procurando, pelo arrependimento e pela prática do bem, resgatar o seu passado.

E vós, irmãos nossos, meditai por um momento em tudo o que nos rodeia; pedi o auxílio dos mensageiros de Deus, de quem, por vossa obstinação, vos tendes afastado, e Deus, em sua bondade permitirá que a luz se faça aos vossos olhos e possais compreender que, se tudo o que é obra humana tem autor, o que não é criação dos homens não pode igualmente deixar de ter criador.

E esse é Deus, – nosso Pai e Senhor.

PARA QUANDO SE ESCAPAR DE UM PERIGO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Meu Deus! Agradeço-vos o haverdes permitido que eu escapasse do perigo que me ameaçava.

Louvores vos tributo, Senhor! Saiba eu eternamente amar-vos e servir-vos, para, de alguma forma, poder ser grato à vossa misericórdia.

E vós, Anjo de minha guarda e espíritos que me protegeis, aceitai o meu reconhecimento e fazei com que eu conheça minhas faltas, para que, reparando-as, possa tornar-me digno de vossa protecção.

Inspirai-me bons pensamentos e assisti-me, para que eu consiga empregar com utilidade o tempo que Deus teve por bem conceder-me ainda na presente existência e , assim, ao libertar-me dos liames da carne, possa entrar no mundo espiritual, expurgando de minhas imperfeições.

POR UM CRIMINOSO

Deus de misericórdia! Eu creio, Senhor, que por vosso infinito amor, não será repudiado o criminoso que deixa a Terra, e o remorso, tocando o seu coração, o levará ao arrependimento sincero, pois vossa bondade, assim, lhe facultará os meios de espiar suas culpas.

A justiça humana castigou-o, mas isso não o libertou do cumprimento das leis de vossa imutável justiça. Permiti, Senhor, que a minha humilde prece possa ajudá-lo a romper o véu que por acaso lhe oculte a gravidade de suas faltas.

Bons Espíritos, uni vossas súplicas às minhas, para que Deus vos conceda permissão de acalmar seus sofrimentos, incutindo-lhe a esperança e dando-lhe a precisa coragem para não sucumbir nas lutas que haja de empreender na nova existência, que a misericórdia de nosso Amantíssimo Pai lhe concederá para seu aperfeiçoamento, quando ele, por seu arrependimento, se torne merecedor.

Senhor! Tende piedade desse meu infeliz irmão!

UMA PRECE DO CRISTO
Pai, és Amor, és Luz, és Vida!

Todo o Universo vibra neste amor, nesta luz, nesta vida. Somos pequeninos átomos de tua infinita sabedoria e recebemos de Ti a força, a beleza, o poder de um universo inteiro. Em nós vibra o Verbo omnipotente do teu amor, em nós circula a seiva divina da tua misericórdia e habita a luz.

Somos teus filhos. O infinito é tua criação. Todas as criaturas estão ligadas a Ti no esplendor sagrado de uma corrente de luz, de um elo imortal. Em Ti habitamos, em Ti vivemos. Confiaste ao meu coração uma parcela deste elo para que ele se unificasse no Teu amor. Constituiste-me Pastor de um punhado de ovelhas. Nossos pensamentos estão afins nesta corrente de amor universal.

Pai, trago comigo, no meu coração, com infinito carinho, os homens, meus irmãos. Eles te pertencem entretanto, devo formá-los à luz do Amor Universal. São crianças espirituais em busca do norte formoso da vida eterna. Guardam a infantilidade dos desejos pueris e ainda não aprenderam a respeitar tuas Leis sábias e eternas. Por eles ofereço, no exemplo do meu amor, lição maior da vida. Por eles entrego-me ao martírio da cruz, para que sintam, na renovação pelo sacrifício, a luz em seus corações.

Sei, Pai, que todas as criaturas encontrarão este caminho glorioso da imortalidade. Sei que todos esses corações que me confiaste, um dia, enaltecerão Teu nome no livro da vida. Nesta hora, peço-Te por eles, para que o orvalho da tua misericórdia os transforme em estrelas de luz, anunciando o nascimento do amor na Terra inteira. Peço-Te pelos discípulos dilectos que ouvem a minha palavra e aguardam no santuário dalma, rogo Tua bênção para os que estão à margem do caminho, embebidos na sombra da noite.

Um dia Tua glória se manifestará aos homens e Tua luz majestosas e bela transformará o pequenino orbe em estrela de potente esplendor. Por isto confio aos meus discípulos a Doutrina que me deste. Confio neles e sei que, individualmente, serão na Terra um ponto luminoso deste amor. Fortifica-os para que tenham mais luz, mais amor, mais poder, mais inspiração, pois, através deles, meus discípulos, bem amados, espero regenerar, modificar, glorificar a humanidade!

Pai, és Amor, és Vida, és Luz! Que este Amor, esta Vida, esta Luz, permaneçam com os homens ! Foi esta uma prece que ouvimos numa “sexta-feira santa” ao visitar Jerusalém. Que ela fique aqui como seu penhor de gratidão do pequenino servo do Senhor.

NO CAMINHO COM JESUS
Buscas o Evangelho redentor e a luz brilhante de seu conteúdo para o teu coração sequioso de bênçãos. Carregas a cruz de teus sofrimentos e de etapa em etapa surgem novos problemas angustiantes. Renovas o propósito de fixação das lições do Divino Senhor e recais nas mesmas tristezas e lamentações do dia-a-dia. Compreendes, todavia, que caminhar com Jesus é renovar os propósitos de vida, buscar novos sentimentos, trocar as ideias antigas, vestir outras roupas, alcançar a grande estrada da serenidade e do amor ao próximo. Entretanto, teus problemas, teus sofrimentos, tuas lutas buscam-te também o coração cansado e dobras o joelho, aturdido, com o peso da dor. Ergue-te, meu amigo, e avança ainda.

A estrada estreita prolongar-se-á por muito tempo, os espinhos hão de ferir-te os pés ensanguentados e o chicote da calúnia ainda te visitará no santuário dalma. Mas, prosseguirás com Jesus, seguirás os passos benditos do Cordeiro, lavando o coração no consolo de suas promessas, repartindo, com o teu irmão de jornada, o pão da fraternidade, ajudando, ajudando sempre. Que importam no momento os problemas se Jesus e o tempo te ajudarão a resolvê-los? Ainda não compreendeste que o Mestre não dorme no barco de tua vida, mas segue ao teu lado, atento às tempestades que se aproximarem? Ainda não entendeste o amor divino desse Cristo que veio dos céus exclusivamente para elevar-nos o espírito às regiões douradas da eterna luz?

Ergue-te, meu amigo, e não desfaleças. No horizonte infinito brilham os mundos sem fim da eternidade. Hoje é o grande amanhã e o amanhã é a suprema felicidade. Reanima-te, pois, põe em teu coração a esperança de viver. Trabalha com Jesus enquanto caminhas. Serve com Jesus enquanto te renovas, busca Jesus para que o reino divino seja uma realidade em teu coração. Meu amigo prossegue. Vivamos o nosso presente confiando a Jesus o nosso futuro. Solucionemos os nosso problemas à luz consoladora da esperança com o meigo Rabi. Prossigamos. Deus está contigo, Deus está connosco.

POR UM INIMIGO
Senhor ! A vossa justiça aprouve chamar a alma de ….. prestar contas ante Vós; eu lhe perdoo o mal que ele me fez, bem como suas más intenções para comigo.

Possa isso ser-lhe útil e servir de incentivo ao arrependimento de suas faltas para que vossa divina misericórdia baixe sobre ele.

Afastai também de mim, Senhor, o pensamento de me regozijar com a sua desencarnação.

Se procedi mal para com ele, a Vós meu Deus e a ele peço perdão, assim como me esqueço do seu modo de proceder para comigo.

PRECE AO CRIADOR
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Meu Deus, permiti que os bons Espíritos me assistam, me auxiliem nas aflições da vida e me arranquem da dúvida. Fazei, Senhor, que, por vossa misericórdia, eles me inspirem a fé, o amor e a caridade; que sejam para mim um apoio, uma esperança e uma prova da vossa paternal solicitude.

Permiti, enfim, que eu encontre sempre junto deles salutares confortos e a necessária luz para que as forças não me faltem nas provas da vida e, resistindo às sugestões do mal, meus passos se firmem na prática do bem e da caridade, e assim eu possa e saiba amar-vos e ao próximo como a mim mesmo.

PARA O LEVANTAR OU O PRINCIPIAR DO TRABALHO DIÁRIO
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Meu Deus, Vós que sois grande, que sois tudo, deixai cair sobre mim, que não existo senão por vossa vontade, um raio da divina luz. Fazei que, penetrado do vosso amor, me seja fácil praticar o bem e que eu tenha aversão ao mal; que animado pelo desejo de vos agradar, meu espírito vença os obstáculos que se opõem à vitória da verdade sobre o erro, da fraternidade sobre o egoísmo; fazei que em cada companheiro de provações eu veja um irmão, assim como vedes um filho em cada um dos seres que de Vós emanam e para Vós devem voltar.

Dai-me o amor do trabalho, que é o dever de todos sobre a Terra e, com o auxílio do archote que colocaste ao meu alcance, esclarecei-me sobre as imperfeições que retardam meu adiantamento nesta vida e na vindoura.

PELOS ESPÍRITOS ENDURECIDOS
Senhor Deus ! Dignais-vos lançar um olhar de clemência e bondade sobre os espíritos imperfeitos que ainda estão nas trevas da ignorância e vos desconhecem – especialmente………

Bons Espíritos, ajudai-nos a fazer-lhes compreender o errado caminho que seguem, induzindo os homens ao mal, obsedando-os e atormentando-os, pois assim acarretam sobre si próprios grande sofrimentos.

Fazei que o exemplo da felicidade de que gozais lhes sirva de estímulo, para fugirem do mal e procurarem o bem. Espíritos que sentis prazer com o pesar e o sofrimento de vossos irmãos, acabastes de ouvir a prece que por vós fizemos, Aquele que a todos nós criou e que a todos ama. Possa ela provar-vos que desejamos o vosso bem, posto que vós só no mal vos comprazeis, o que vos afasta da felicidade.

Vede os bons Espíritos que vos rodeiam. Quão felizes são eles! Ora, não vos seria mais agradável gozar da mesma felicidade? Direis, talvez, que isso é impossível ou que não podeis merecer pelo atraso em que vos achais; mas nada é impossível aquele que quer, pois Deus a todos concedeu por igual a liberdade da escolha entre o bem e o mal, isto é, entre o conquistar a felicidade ou preparar a desgraça, e ninguém jamais pode ser condenado a fazer exclusivamente o mal. Se sentis prazer em fazê-lo, é porque não exercitais vossa vontade na prática do bem e desconheceis as consolações e os benefícios que essa prática vos proporciona.

Humilhai-vos perante Deus; volvei para Ele vossos olhos; elevai-os um só instante pelo pensamento e, por sua misericórdia um raio de luz divina virá iluminar-vos. Dizei connosco esta simples palavras: – Meu Deus! Eu me arrependo. Perdoai-me, Senhor ! Procurai arrepender-vos e dedicai-vos à prática do bem, e vereis como a bondade e a misericórdia de nosso Pai celestial baixará sobre vós e um bem-estar desconhecido virá substituir vossas angústias. Dai o primeiro passo no bom caminho e a esperança vos animará, a fé fortalecerá, tornando-vos fácil o trajecto.

Então compreendereis quanto tendes perdido e um futuro radioso se abrirá aos vossos olhos, fazendo-vos compreender o passado cheio de perturbações e torturas morais que seriam para vós um inferno, se durassem eternamente. Esforçai-vos em promover o vosso progresso, pois que, quanto mais permanecerdes no vosso actual estado, mais difícil vos será, no futuro, alcançardes a felicidade. Não julgueis que podereis permanecer sempre no estado em que vos achais. Isto é impossível, pois que só tendes dois caminhos – o do mal, que vos trará sofrimentos – e o do bem, que vos proporcionará a felicidade de que gozam os bons Espíritos.

É inevitável o primeiro, se persistirdes na obstinação; porém, um simples esforço bastará para dele vos afastar. Apressai-vos, pois; cada dia de demora é um dia perdido de felicidade. Bons Espíritos, fazei que nossas palavras achem acesso nos espíritos atrasados, a fim de os ajudarem a caminhar para Deus.

Em nome de Jesus Cristo, que tão grande poder teve os espíritos maléficos, nós vo-lo pedimos.

PARA AFASTAR OS MAUS ESPÍRITOS
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Em nome de Deus Todo-poderoso, eu conjuro os maus Espíritosa afastarem-se de mim e os bons a servirem-me de proteção e amparo contra aqueles.

Bons Espíritos, dai-me força da resistência contra os atrasos e as necessárias luzes para não ser vítima da sugestão dos espíritos impostores, mentirosos e zombeteiros que repilo com todas as forças da minha alma, mas para os quais chamo a misericórdia de Deus.

Preservai-me de ser vítima dos seus embustes e afastai de mim o orgulho e a presunção e, do meu coração, o ciúme, o ódio e a malevolência, enfim, todos os sentimentos contrários à caridade, pois são essas as portas que em mim podem dar entrada à influência dos Espíritos maus.

Para ser dita a qualquer hora, mas, de preferência pela manhã ou à noite.

Deus, Nosso Pai, que estais no céu em em toda parte, dai-nos a Luz da Vossa Sabedoria, compreensão de Vosso Amor e Caridade de Vossa Misericórdia. Oh ! Deus, pedimos bênçãos e perdão para toda a humanidade e para nós mesmos.

Senhor, faça-nos hoje melhores do que ontem, amanhã melhores do que hoje. Dai Senhor paz aos aflitos, cura aos doentes, amparo aos necessitados, alimento aos famintos, resignação aos que sofrem.

Imploramo-Vos, Senhor, por um mundo melhor, onde a Paz, o Amor, a Caridade, a Fraternidade, a Justiça e a Verdade, seja a Vossa Bandeira. Pedimos-Vos, Senhor, se merecedores formos, que os Vossos Santos Mensageiros leve os nossos pedidos até Vós.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo para todo o sempre. Amém

PELOS ESPÍRITOS ARREPENDIDOS
Deus de infinita bondade e amor, que aceitais o arrependimento sincero do pecado! Eis, Senhor, um espírito que se tem comprazido no mal, mas que, reconhecendo seus erros, quer entrar no bom caminho. Dignai-vos, bom Pai, recebê-lo como ao filho pródigo e derramar sobre ele o bálsamo do vosso perdão. Bons Espíritos! Se até hoje nosso irmão foi surdo aos vossos conselhos, de hoje em diante ele os deseja e quer escutar.

Abri seus olhos à luz, mostrando-lhe a felicidade dos bons Espíritos, e auxiliai-o a persistir no desejo de purificar-se para obtê-la. Sustentai-o nas suas boas resoluções e incuti-lhe a necessária força para resistir às sugestões dos maus espíritos. Espírito que acabais de manifestar o arrependimento pelas vossas faltas passadas, nós vos felicitamos pela vossa resolução e agradecemos aos bons Espíritos que vos auxiliaram. Outrora sentíeis prazer em praticar o mal, talvez por não compreenderdes quão agradável é a satisfação que resulte da prática do bem.

Talvez vos julgueis indigno de merecer a felicidade, mas hoje, que pusestes o pé no bom caminho, nova luz vos iluminou e vos permitirá apreciar venturas desconhecidas de que só gozam aqueles que sabem sofrer com resignação, sem jamais deixarem de alimentar a esperança. É que Deus ouve sempre os arrependidos e a nenhum de seus filhos repele, desde que o busquem com contrição e fé.

Para que Ele vos permita os necessários meios de entrardes em sua graça, aplicai-vos, daqui para o futuro, não somente em repudiar o mal, mas mui particularmente em praticar o bem, reparando os danos que causastes. Assim, tereis satisfeito a divina justiça, pois que cada acção boa e nobre apagará uma de vossas faltas passadas. Destes o primeiro passo e agora, quanto mais avançardes, tanto mais suave e fácil vos será o caminho. Perseverai, pois, na prática do bem e um dia tereis a glória de ser contado entre os bons Espíritos, que são os felizes

PRECE PARA UM DOENTE
Pai, em todas as coisas que vos pedimos, faça-se a vossa vontade e não a nossa, por saberdes, melhor do que nós, o que nos convém para nosso adiantamento moral e felicidade futura.

Senhor ! Vós sois a infinita justiça e eu sei que não há efeito sem causa; a doença que ora suporto é, decerto, consequência de infração às vossas leis ou espiacção de minhas faltas passadas.

Eu me submeto, pois, Senhor, aos vossos divinos decretos, pois tudo o que permitis não pode ter outro fim que não seja o bem das vossas criaturas.

Bendito seja o vosso nome por assim me concederdes meios de reparar meus erros e de melhor conhecer os meus deveres, respeitando vossas sábias leis.

Permiti que eu saiba tirar proveito dos meus sofrimentos e que os vossos bons Espíritos me assistam e reanimem.

ORAÇÃO POR PACIÊNCIA
Senhor ! Fortalece-nos a fé para que a paciência esteja connosco. Por tua paciência, vivemos. Por tua paciência, caminhamos. Auxilia-nos, por misericórdia, a aprender tolerância, a fim de que estejamos em tua paz. É por tua paciência que a esperança nos ilumina e a compreensão se nos levanta no íntimo da alma. Agradecemos todos os dons de que nos enriqueces a vida, mas te rogamos nos resguarde a paciência de uns para que estejamos contigo, tanto quanto estás connosco, hoje e sempre.

Artigos Relacionados

Sobre o autor Ver todos os artigos

O Guia Da Luz

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: