O Guia Da Luz

Quando se fala em Lei do Retorno, é fácil pensar em quem pratica magia negra, lembramos de tempos em que esse assunto era falado em voz baixa, com frases ditas pela metade, evitando-se comentários.
          Quando algo está além da nossa compreensão, assim como do nosso controle, nos sentimos assustados, por isso a Lei do Retorno virou um tabu, bem como a própria magia, seja positiva ou negativa.
          Vamos romper essa tradição, vamos começar a discutir sobre isso em nossas conversas e começar a refletir sobre o que isso representa!
          As Leis Divinas se aplicam a todas as esferas, sejam espirituais ou materiais. Por isso vamos citar uma lei científica: “A toda ação corresponde uma reação, com a mesma intensidade, mesma direção e sentido contrários” (Newton). Comprovada na matéria, exemplifica a Lei do Retorno espiritual que também é conhecida como “Lei do Bumerangue”, ou seja, tudo que vai, volta.
          Tudo aquilo que praticamos, todas as nossas intenções retornarão em nossas vidas no momento propício. Na Bíblia isso é explicado como a colheita do que foi semeado (Jó cap.4; Pv cap 22).
          Então quem pratica a magia negra (tanto quanto quem a pede) naturalmente receberá os efeitos dos seus atos, algum dia ao longo de sua existência. Mas quando a Lei do Retorno é evocada em outra magia, essas pessoas recebem de volta tudo de uma só vez, é um choque muito grande, uma lição dolorosa que começa a afastá-los de seu caminho negativo.
          Enquanto permanecemos silenciosos sobre esses assuntos, muitas pessoas se sentem protegidas, e ocultas por esse silêncio, tem a coragem necessária para continuar suas práticas negativas. Lançam toda maldade capaz de ser imaginada, contra seus desafetos. Causam doenças, destroem vidas, separam casais, tiram a energia, ofuscam o raciocínio, fecham caminhos.
          E nós sofremos calados e acreditamos em azar!!
          Está na hora de buscar soluções para nossas vidas. Vamos procurar as causas dos nossos sofrimentos, é necessário compreender e se conscientizar do que se passa dentro e fora de nós. Muitas dificuldades nós mesmos geramos com nosso próprio desequilíbrio e descontrole emocional. Mas outras podemos descobrir que foram projetadas contra nós. Sim, é preciso falar sobre isso, alertar outras pessoas, procurar locais onde se trabalha magia positiva, capaz de anular o que foi feito. É bom procurar um local assim, melhor ainda divulgar o que se encontrou.
          E, se algum dia alguém nos aborrecer muito a ponto de sentirmos vontade de vê-lo sofrer; ou até, em nome do “amor”, sentirmos vontade de amarrar alguém connosco, lembremos da Lei do Retorno. Melhor procurar outra estratégia. Trabalhar as emoções para transformá-las pode ser bastante difícil, mas com certeza é muito menos doloroso que sofrer por causa delas 2 vezes. Vamos falar sobre isso também. Não é vergonhoso ter emoções negativas, mas é falta de inteligência permanecer com elas.
         Que a Lei do Retorno seja mais amada que temida!

Artigos Relacionados

Sobre o autor Ver todos os artigos

O Guia Da Luz

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: