O Guia Da Luz

O responso de Santo António é aquela oração que vai te ajudar com tudo o que foi perdido, roubado ou extraviado. Essa poderosa prece, que já tem séculos de existência, invoca Santo António de Pádua para que interceda pela nossa causa. Pode ser usada sempre que achar necessário, mas é importante rezar com fé para que o pedido deixe transparecer a sua honestidade.

Pode parecer uma atitude leviana e até egoísta rezar por um objecto perdido, mas esse desaparecimento pode gerar bastante angústia. Um documento, dinheiro, um lembrança dada por alguém tudo isso tem o seu valor e a sua importância e não devem ser minimizados. A oração do responso de Santo António pode ajudar, inclusive, as pessoas que se sintam perdidas e buscam recuperar a própria fé.

COMO REZAR O RESPONSO DE SANTO ANTÓNIO

O responso de Santo António foi escrito originalmente em latim, em meados de 1233, pelo Frei Giuliano da Spira e tem origem na oração conhecida como “si quaeris miracula”. O nome responso vem da mesma língua e significa justamente “procura por respostas”. Ao longo de centenas de anos, pessoas do mundo todo pediram a intervenção do Santo em momentos de desespero e foram atendidas. Portanto, a sua eficácia é mais que comprovada.

Para rezar o responso de Santo António, procure um local tranquilo, livre de interrupções. Foque naquilo que quer encontrar e deixe o seu pedido sair do coração. A prece deve ser dita em voz alta, sem receios ou medos. Recomenda-se acender uma vela branca e fazer a oração durante 9 dias no mesmo horário, ainda que o objecto seja encontrado nesse tempo. Se está recorrendo à veneração por sentir-se perdido e procurando recuperar a fé, é ainda mais importante não quebrar a novena.

RESPONSÓRIO OU RESPONSO DE SANTO ANTÓNIO

Confira abaixo a versão mais conhecida e poderosa do responso de Santo Antônio, originalmente traduzida do latim:

Se milagres desejais,
recorrei a Santo António
Vereis fugir o demónio
e as tentações infernais.

Recupera-se o perdido
Rompe-se a dura prisão,
e no auge do furacão
cede o mar embravecido.

Pela sua intercessão,
foge a peste, o erro, a morte,
O fraco torna-se forte
e torna-se o enfermo são.

Recupera-se o perdido
Todos os males humanos se moderam, se retiram,
Digam-no aqueles que o viram,
e digam-no os paduanos.

Recupera-se o perdido
Glória ao Pai, ao Filho
e ao Espírito Santo.

Recupera-se o perdido
Rogai por nós, bem-aventurado Antônio
Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Artigos Relacionados

Sobre o autor Ver todos os artigos

O Guia Da Luz