O Guia Da Luz

Os escravos vindos da África não tinham sua fé respeitada aqui no Brasil. Suas entidades eram os orixás, enquanto o catolicismo foi imposto pelos colonizadores portugueses. Dentro deste contexto, para que não deixassem suas crenças de lado, os negros atribuíam aos santos cristãos as figuras de suas religiosidade. Esta mescla é o que se denomina sincretismo religioso.

E parte deste ponto o documentário Devoção, de Sérgio Sanz. Em seu filme, ele busca retratar como os escravos foram obrigados a se render à religião dos europeus e, principalmente, a relação entre eles e Santo António, considerado a figura mais famosa do catolicismo. Acima de tudo, o cineasta mostra imagens de fé e dos meios utilizados para expressá-la.

Para realização do filme, foi preciso contar com a ajuda da pesquisadora e co-roteirista Maria Helena Torres e do antropólogo Raul Loddy. As cenas foram todas feitas no Rio de Janeiro e os cenários foram terreiros e o Convento de Santo António.

Artigos Relacionados

Sobre o autor Ver todos os artigos

O Guia Da Luz